Eduardo Vicentini

Mestre pela Universidade Federal do Paraná, Curitiba – PR, 1996.
Doutor pela Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte – MG, 2001.

Currículo Lattes
evicentini@unicentro.br

Áreas de pesquisas

Difusão e decaimento em bilhares clássicos.
Estudamos sistemas clássicos conhecidos como bilhares com o objetivo de compreender a relação entre a dinâmica interna e os fenômenos de decaimento e difusão. Bilhares são sistemas bidimensionais que podem apresentar propriedades dinâmicas muito interessantes, como ergodicidade, ‘mixing’ e caos. São também bons modelos para sistemas reais, como o bilhar de Sinai, utilizado como modelo para um gás de elétrons em uma superfície condutora. Através do estabelecimento de uma estatística de colisões das partículas com as paredes de um bilhar, mostra-se que o desvio padrão da distribuição de colisões é muito sensível à modificações dinâmicas do bilhar, normalmente ligadas à sua geometria. Em um bilhar de Sinai, este desvio padrão está relacionado ao deslocamento quadrático médio em uma rede periódica de espalhadores (gás de Lorentz periódico) e que os mecanismos de produzem difusão normal e superdifusão são regulados pela geometria do bilhar e pela transição de uma dinâmica interna caótica hiperbólica para uma não-hiperbólica.

Dimensão fractal na formação de expoentes fractais.
A manifestação de expoentes fractais no estudo de diferentes fenômenos naturais, em oposição a expoentes inteiros, fornecidos por uma teoria mais simplificada, tem sido objeto de muito interesse na ciência contemporânea. Entre eles podemos citar:

fenômenos de difusão, descritos na forma ⟨r2⟩∼tα onde α=1 representa a difusão normal e α<1 e α>1, uma fração não inteira, chamada de forma genérica de fractal, representa a difusão anômala;
o fenômeno de formação de flocos em partículas em suspensão, descritos pelo número de unidades empacotadas N∼(d/d0)β sendo β=3 a dimensão normal do empacotamento e 2<β<3, fractal, uma forma geral observada na natureza;
a densidade de spins observada em grãos, designada expressão s∼σγ que fornece o número de spins por grama, tem valor de γ ≠ 3, fractal, observado em alguns experimentos.
Estes expoentes fractais têm relação provável com a forma fractal do objeto que o gera, como no caso da difusão, onde os elementos que se espalham ocupam o espaço de forma fractal e, nos dois outros casos, a forma fractal do floco ou do grão. Desta forma, neste trabalho propomos estudar a relação entre a dimensão do objeto fractal e os expoentes fractais acima relacionados.

Propagação de calor
Em materiais onde a propagação de calor é predominantemente descrita pelo movimento de fônons, com a redução de suas dimensões a dispersão dos fônons sofre uma transição de uma difusão normal para um movimento balístico. Nestas condições, a condução térmica do material é alterada significativamente. Estamos interessados em compreender o regime transiente da distribuição de temperaturas no material, durante a transição do regime difusivo para o balístico. Este estudo apode ajudar a esclarecer o processo de propagação de calor em nanofluídos e no resfriamento de dispositivos eletrônicos.
Colaborador: Pedro Pablo González Borrero.

Publicações selecionadas

ZANETTI, F.M.; VICENTINI, E.; da LUZ, M.G.E. Eigenstates and scattering solutions for billiard problems: A boundary wall approach. Annals of Physics. 323, 1644 (2008).
KOKSHENEV, V.B. and VICENTINI, E. Wall-Collision Statistics in Classical Open and Closed Billiards Across Geometry. Progress in Statistical Mechanics Research. Nova Science Publishers, 159, 219 (2008).
KOKSHENEV, V.B. and VICENTINI, E. Physical insight into superdiffusive dynamics of Sinai billiard through collision statistics. Physica A, 360, 197 (2006).