Perguntas frequentes

Quando um(a) estudante de graduação ou pós-graduação da Unicentro precisa formalizar processo interno de afastamento do país?

SEMPRE que o/a estudante for se ausentar para estudar no exterior, seja como bolsista em programas internacionais ou com recursos próprios. Se isso não for providenciado, o/a estudante ficará com situação irregular e não poderá aproveitar os estudos quando retorna à Unicentro. Para ter a matrícula em status de mobilidade, o/a estudante deverá protocolizar processo interno por meio dos formulários disponíveis nesta página do site do Escritório de Relações Internacionais (ERI):

http://www2.unicentro.br/eri/legislacao/

Importante: ninguém deve trancar a matrícula para usufruir de bolsas de estudo ou realizar estágios no exterior durante a graduação e a pós-graduação. A matrícula deve estar “em mobilidade” durante o afastamento.


Quando um(a) estudante da Unicentro pode estudar no exterior?

Após finalizar o primeiro ano de curso, desde que tenha média global igual ou superior a sete (7,0) e o seu perfil corresponda ao exigido no programa internacional ao qual se candidata, principalmente quanto à proficiência em idiomas. Um(a) tutor(a) de seu curso é indispensável para auxiliar a elaboração do plano de estudos. Saiba mais sobre os seus direitos lendo a Resolução 50-2011/CEPE, disponível em:

http://www2.unicentro.br/eri/legislacao/


Que oportunidades internacionais existem para estudantes da Unicentro?

A Unicentro aderiu a vários programas internacionais e, por meio deles, é possível concorrer a bolsas de estudo.

Para conhecer esses programas, acesse: http://www2.unicentro.br/eri/legislacao/


Quando os estudos feitos no exterior podem ser aproveitados na Unicentro?

Sempre que realizados com aproveitamento satisfatório no exterior e estiverem em conformidade com a regulamentação vigente. O auxílio de professor(a) tutor(a) é indispensável para a elaboração de um plano de estudos, após a análise comparativa dos currículos do curso na universidade de destino no exterior e na Unicentro. Para detalhes, leia a RESOLUÇÃO Nº 17-Cepe/Unicentro, disponível em:

http://www2.unicentro.br/eri/2015/05/14/conheca-a-resolucao-que-regulamenta-estudos-de-graduacao-no-exterior/

Ao retornar do exterior, cada estudante deve comparecer à DIAP de seu campus e reabrir o processo de afastamento, anexando os documentos comprobatórios dos estudos, devidamente legalizados em Consulado Brasileiro no país onde foram emitidos.


Que tipo de dicas devo conhecer para estudar no exterior?

As dicas variam conforme o país e a melhor alternativa é consultar o Portal Consular do Ministério de Relações Exteriores, principalmente quanto ao apoio no exterior: http://www.portalconsular.mre.gov.br/apoio-no-exterior/apoio-no-exterior


Posso enviar e receber dinheiro do exterior?

Existem várias alternativas. Consulte: