aie-10anosLaboratório de Anemia Infecciosa Equina – 10 anos

Funcionamento: das 9h às 12h das 13h às 17h

 

O que é anemia infecciosa equina (AIE)?

É uma da enfermidades virais mais importantes dos equideos. Acomete equinos, muares e asininos. Caracterizada clinicamente por episódios de febre repetidos, anemia, perda de peso rápida, edemas de partes baixas do corpo e se torna uma infecção inaparente, quando os animais sobrevivem a crise aguda.

Qual é a maior preocupação?

É considerada a principal doença infectocontagiosa da equideocultura brasileira, para a qual não existem vacinas nem tratamento eficazes.

Como ela é transmitida?

Quando o animal tem contato com animais positivos, principalmente pela picada de insetos que têm como alimento o sangue do animal ou com o uso coletivo de agulhas, seringas e instrumentos contaminados utilizados no manejo dos animais.

Como perceber se o animal apresenta AIE?

O animal tem picos de febre, fraqueza (anemia), perda de peso e palidez das mucosas além de inchaço pelo corpo. Apesar de apresentar estes sintomas é muito difícil de ser reconhecida nos animais e por isso a confirmação é feita através de exames laboratoriais.

Como preservar o animal da AIE?

Deve-se manter sempre em dia o exame de AIE, fazendo obrigatoriamente na participação de eventos ou viagens, além de adquirir animais somente após resultado negativo para AIE.

Como acontece o exame?

É necessário que seja enviado ao laboratório amostras de sangue coletadas por médicos veterinários em tubos sem anticoagulante, acompanhadas da resenha de requisição fornecida pelo laboratório. Os resultados serão liberados após 48 horas.